segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Arquivo da Falésia Azul - Casos 39, 40 e 41

Caso 39: “A Cerca do Jardim” de Unmon

 

Um monge perguntou a Unmon, “O que é o Puro corpo-do-Dharma?”[1]

Unmon disse, “cerca de Flor”[2]

O monge disse, “E se eu entender o assunto dessa maneira?”

Unmon disse, “Um leão de pelo dourado.”

 

[1] O corpo da Verdade última (Japonês: hôshin;  sânscrito: dharmakaya) ou um dos três corpos de Buda.

[2] Em Japanês: Kayakuran.  De fato, era uma cerca de flores ao redor de um toalete.

***

Caso 40: Nansen e a Flor

 

O Ministro Rikukô conversou com Nansen.

Rikukô disse, "O professor de Dharma Jô disse,

'O Céu e a terra e eu temos uma única e mesma raiz; todas as coisas e eu são um único corpo.’ Que maravilha isso!”

Nansen apontou as flores no jardim, chamou a Rikukô e disse,

“As pessoas de nosso tempo[1] veem essas flores como num sonho.”

 

[1] Isto é, "você".

***

Caso 41: “A Grande Morte” de Jôshu

Jôshu perguntou a Tôsu,

“E se um homem que morreu uma grande Morte volta à vida?”

Tôsu disse,

“Eu não permito caminhar por aí à noite. Venha durante o dia.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário