terça-feira, 5 de novembro de 2013

Arquivo da Falésia Azul - Caso 44

Caso 44: “Rufem os tambores” de Kasan

 

Kasan, dando instrução, disse, “Prática e aprendizado – isso é chamado ‘audição’ (mon); completando o aprendizado – isso é chamado ‘estar próximo [ao fato]’ (rin). Quando você tiver passado por esses dois, isso é chamado ‘verdadeira passagem’ (shinka).”

Um monge deu um passo adiante e perguntou, “O que é a ‘verdadeira passagem’?”

Kasan disse, “Rufem os tambores.”

Ele perguntou de novo, “O que é a verdadeira Realidade?”

Kasan disse, “Rufem os tambores.”

Ele perguntou de novo, “Não pergunto sobre a frase ‘a própria Mente é Buda.’[1] [Mas] O que significa ‘Nem a Mente nem Buda[2]?”

Kasan disse, “Rufem os tambores.”

Ele perguntou mais uma vez, “Quando alguém que conhece a Verdade última vem, como deveríamos recebê-lo?”

Kasan disse, “Rufem os tambores!”

 

[1] Cf. Caso 30 (A própria mente de Baso)  no Mumonkan (O Portal Sem Porta, também traduzido e publicado no blog Vencer o Medo e em livro na Amazon).

[2] Cf. Caso 33 (Nem a Mente nem Buda) no Mumonkan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário